Lesão Ligamentar do Polegar - Lesão de STENER

Rui Ferreira - Mauri Cortez

O Que é

Ligamentos são formados por tecidos conectivos bastante fortes que impedem determinados movimentos. Nos dedos os ligamentos colaterais, um de cada lado, são chamados de ligamento colateral radial, o que está do mesmo lado do osso do ante braço chamado RÁDIO e o outro ligamento colateral ulnar, que está do mesmo lado do osso do ante braço chamado ULNA.
O ligamento Colateral Ulnar do polegar é localização frequente de lesão em esporte e queda. É chamada a lesão do esquiador. Campbell, um dos ícones da ortopedia moderna, em 1955 descreveu uma lesão que chamou de “Gamekeeper’s lesion” para descrever uma lesão encontrada nos guardas florestais escoceses que matavam os coelhos torcendo seu pescoço com a mão. Na realidade havia apenas uma instabilidade crônica - movimento anormal de lateralidade pela distensão do ligamento. Stener em 1962 descreveu 25 rupturas totais do ligamento colateral ulnar do polegar, onde a aponeurose do músculo adutor do polegar se interpõe entre as partes seccionadas do ligamento, por causas traumáticas. Essa lesão é conhecida como lesão de STENER.

O Que Causa

Uma queda onde há uma hiper extensão do polegar. Essa lesão foi descrita como lesão do esquiador. No nosso meio é uma lesão encontrada com frequência no esporte nordestino de vaquejada, onde o polegar pode sofrer uma grande força lateral e ser rompido.

Sinais e Sintomas

Instabilidade do polegar com movimentos anormais de lateralidade para o lado de fora.
Dor e falta de força nas pinças que necessitam o uso do polegar.


Diagnóstico

O exame clínico é simples. O Rx pode mostrar um destacamento ósseo e a RNM mostra a lesão do ligamento.

Tratamento

A lesão aguda pode ser tratada com imobilização. Como descreveu Stener, nas lesões completas há uma invasão da aponeurose do músculo do polegar entre as margens da lesão, impedindo sua cicatrização. Na maioria das vezes, as margens do ligamento restante é de péssima qualidade, impedindo sua sutura, sendo necessário sua reconstrução.
A lesão crônica, é uma lesão antiga não tratada. A articulação é instável com dor nas pinças. É tratada com a reconstrução do ligamento ou uma ARTRODESE - fusão da articulação. Pode ocorrer lesão associada como fraturas e lesões de tendão ou nervo que necessita ser tratada.